Entidades dirigentes

O Templo Umbandista Estrela dos Obreiros de Oxalá fundamenta a sua direção em entidades espirituais responsáveis pelas determinações, normas e regras para o funcionamento da casa. Essas entidades trabalham através de Rewan Bauman Barbosa,  Médium Chefe do Templo.

Conforme estabelecido por Pai João de Angola, chefe mentor da casa, cada uma destas entidades estão aptas a trabalhar em qualquer linha vibracional. Portanto, apesar delas terem uma energia “originária” (se assim pudermos dizer), nenhum destes guias está preso a uma única vibração.  A essa liberdade de atuação energética, Pai João denomina de pluralidade dos trabalhos: fundamento maior do nosso templo!

Assim, todas as entidades estão autorizadas a trabalharem nas diferentes correntes energéticas que atuam dentro do TUEOO, desde que seja respeitada os encaminhamentos e direcionamentos realizados pelas entidades de chefia, que são:

Pai João de Angola : Preto velho que ordena todos os trabalhos de todas as linhas da casa. Ele é da ordenança/linha de OGUM

Caboclo Pena Verde: Mentor espiritual responsável pela abertura dos portais e firmezas da casa. É da linha de XANGÔ

Caboclo Serra Negra: Entidade protetora que atua diretamente no desmanche de feitiços e demandas contra a casa e seus filhos.

Caboclo da linha de OGUM: Emissário direto do Orixá de coroa do médium chefe. Manifesta-se ocasionalmente quando necessário ou em festividades a Ogum.

Marino: Entidade que coordena as giras, “catiço” que tem múltiplas funções e roupagens –  sendo a principal delas a de Marujo – trabalha em qualquer linha. Sua firmeza é em IEMANJÁ

Cavalo Marinho: Êre que comanda a linha das crianças. Vibração de YORI

Exu Sete Garfos: Exu Guardião da casa e chefe de legião, traz como principal função a proteção e a ordem material. É da ordenança de OGUM.

Exu Tranca Rua das Almas: Exu Guardião do médium chefe da casa. Está ligado a OBALUAÊ e também atua no desmanche de feitiços e demanda.

Pomba-Gira Rosa Vermelha: Pomba-gira guardiã do médium chefe da casa. Traz em sua essência a vibração de todos os orixás femininos.

Porém, estas não são as únicas. O médium chefe da casa, Rewan, possui em sua linhagem espiritual outras entidades que o acompanham e trabalham na grande egrégora do TUEOO, mas, que pouco se manifestam. Entre elas podemos citar a Pomba-Gira Maria Mulambo, o Exu Marabô, Zé Pequeno (Malandro), João Quirino (Boiadeiro) e Baiano.

É fundamental sabermos que nenhuma linha astral trabalha no Terreiro se o médium chefe da casa não estiver com elas alinhadas. O que isso quer dizer? Se Rewan não tivesse um boiadeiro alinhado em sua estrutura mediúnica, por exemplo, não teríamos uma efetiva linha de Boiadeiros atuando no Terreiro. Elas poderiam se manifestar, mas de forma passageira.

Conforme nos explica Marino, existe na estrutura hierárquica do TUEOO, uma entidade não incorporante no médium chefe e que é responsável em conduzir os trabalhos de limpeza energética durante as giras: trata-se do Caboclo Itararé, entidade que hoje se manifesta através do médium Vinicius Gonzalez, e que juntamente a Pai João de Angola, o Caboclo Pena Verde e o Exu Sete Garfos formam o grupo espiritual fundador do nosso Templo.

Importante: o corpo mediúnico deve ter a profunda compreensão e bastante clareza que a sintonia e o respeito a hierarquia espiritual da casa é que garante a segurança e o bom andamentos dos trabalhos.